Reflita!

Embora você não faça ideia no momento, depois de ler este artigo, esperamos que tenha o real entendimento real da necessidade em se ter um DEA – Desfibrilador Externo Automático nas dependências de sua residência ou em locais de realização das suas atividades físicas.

No Brasil, ocorrem 160 mil mortes súbitas por ano.

Pessoas que aparentam absoluta normalidade estão conversando com a família, andando pelo shopping, assistindo a um jogo, praticando um esporte, quando de repente têm uma parada cardíaca e morrem.

Essa causa de morte é mais frequente depois dos 40 anos de idade e em maior número do que somados os casos fatais de aids, acidentes com armas de fogo e automobilísticos, câncer de mama e de pulmão.

A reação das pessoas que presenciam um fato como esse, é pegar uma pessoa que está em parada cardíaca, colocá-la num carro e levá-la para o hospital, entre todas, essa é a pior providência que podemos tomar, é como transportar um cadáver.

Fato comprovado, é que nesses casos, segundo os médicos especialistas, os pacientes provavelmente não chegam com vida ao hospital.

A experiência mostra que, em 5 minutos, 50% dos indivíduos que sofreram uma parada cardíaca estarão mortos e, a partir daí, 10% morrerão a cada minuto que passa.

Portanto, feitas as contas, em dez minutos, todos estarão mortos.

O professor Douglas Chamberlain, um dos titãs da ressuscitação mundial, afirma que, no século XX, reanimar dentro do hospital alguém que tenha tido uma parada cardíaca fora dali é sinal de que o sistema falhou.

Então, o que deve ser feito? O tempo ideal para começar a atuar nos casos de parada cardíaca é abaixo de cinco minutos.

Fala-se em dez minutos, mas esse é o limite máximo porque, decorridos dez minutos, a possibilidade de a pessoa estar viva é remota.

Se for possível atuar nos cinco primeiros minutos, a possibilidade de sucesso da ressuscitação e reanimação é, sem dúvida, muito maior.

E para esses casos, existem técnicas simples e eficazes de avaliação e atendimento e equipamentos idealizados para que os leigos possam manuseá-los sem maiores dificuldades.

E esse equipamento se chama DEA – Desfibrilador Externo Automático!

Em entrevista a Dráuzio Varella, Sérgio Timerman, Médico Clínico, Cardiologista e Emergencista, disse que existem muitos business centers e condomínios que estão instalando o DEA – Desfibrilador Externo Automático, a chama da vida, quase ao lado dos extintores de incêndio.

O que se pensa nas forças tarefas de ressuscitação é que eles são tão importantes nas casas de pessoas com risco de parada cardíaca quanto qualquer outro aparelho doméstico.

Diante desses fatos, é absolutamente fundamental saber como se deve agir quando alguém por perto sofreu uma parada cardíaca.

Tomar as medidas corretas nos primeiros minutos pode salvar a vida de muitos pacientes.

O fato de você ainda estar lendo este texto até aqui, é porque se identificou de alguma forma com o que pode acontecer com você ou um ente querido.

Abaixo, estão alguns relatos, que são a prova de que ter um Desfibrilador por perto é a melhor escolha:

Eu salvei a vida do meu filho adolescente com um desfibrilador

Desfibrilador salva via de espanhol em Salamanca

Desfibrilador salvou a minha vida

Veja o vídeo de uma parada cardíaca que ocorreu dentro de uma academia, que tinha a presença de um DEA – Desfibrilador Externo Automático e tire as suas conclusões sobre a importância do equipamento:

No compromisso de apresentar um equipamento de suma importância, trazemos o DEA – Desfibrilador Externo Automático CR Plus.

O CR Plus, é um equipamento fabricado pela Physio-Control, a maior fabricante de desfibriladores do mundo.

A Physio-Control foi a fabricante escolhida pela NASA, e desde 2008, tem os seus equipamentos acompanhando os astronautas no espaço.

É um Equipamento reconhecido Mundialmente, presente em diversos lugares pelo mundo, equipando policias de diversos países, exércitos, grandes empresas e comunidades.

No Brasil não é diferente, o CR Plus também está presente em grandes empresas, clubes de futebol, shopping center, sistemas de resgate e muitos outros lugares.

O DESFIBRILADOR CR PLUS

Dentre o segmento o CR Plus possui um dos acessórios mais baratos e todos eles são facilmente encontrados, pois são mantidos em estoque.

Agora, além de todas essas credenciais que eu já te mostramos do CRPlus, vamos apresentar alguns recursos que você vai encontrar nele:

1. Simplicidade, esse é o primeiro, que faz com que o operador tenha plena confiança no salvamento de vidas;

2. Confiabilidade, o CRPlus faz um teste semanal que checa todo o seu funcionamento.

Isso traz a certeza de que o equipamento está totalmente operacional, facilmente visualizado através do seu display;

3. Durabilidade, o CRPlus é um equipamento extremamente RESISTENTE;

4. Facilidade, o CHARGE-PAK™ traz ao usuário o fácil gerenciamento, uma vez que o carregador de bateria e os eletrodos possuem ciclo de substituição sincronizado, tornando a manutenção eficiente e acessível;

5. Certeza, que o equipamento possa abranger todos os tipos de pacientes, oferecendo a entrega de 360 Joules.

O choque inicial do CRPlus é de 200 Joules, que demonstra ser eficaz na maioria das vítimas.

No entanto alguns pacientes são mais difíceis de reversão. Por isso, choques podem melhorar o sucesso nas desfibrilações;

7. Praticidade, o equipamento não demanda manutenções, ou seja, inexiste a necessidade.

O que você deverá fazer com o Desfibrilador é apenas a troca de baterias e eletrodos;

8. Confiança, garantia de 3 anos, a mais longa do segmento. Somente quem tem a certeza da qualidade do produto pode oferecer uma garantia desse calibre.

Então é isso, apresentamos o CRPlus – Desfibrilador Externo Automático, que tem os acessórios mais baratos do que os seus concorrentes diretos, um equipamento simples e prático que não necessita de manutenção, e tudo isso com 3 anos de garantia, o que MAIS você precisa?

Faça a diferença HOJE em sua vida e solicite agora uma proposta e tenha em mãos um instrumento que poderá salvar vidas, talvez até mais barato do que o Smartphone que você está usando agora!